Você está aqui: Página Inicial > Adm. Indireta > DER > Histórico

Histórico do DER

O Departamento de Estradas de Rodagem do Estado da Paraíba – DER/PB foi criado no Governo do Interventor Federal na Paraíba Odon Bezerra Cavalcanti através do Decreto Lei n.º 832 de 26 de junho de 1946, em decorrência da Lei Joppert que instituiu o Fundo Rodoviário Nacional. Tinha a forma jurídica de autarquia e estava subordinada à extinta Secretaria de Viação e Obras Públicas. O engenheiro Serafim Rodriguez Martinez foi o fundador e também o primeiro Diretor Geral do DER.

Juntamente com a criação do DER/PB foi instituído o primeiro Plano Rodoviário Estadual, constituído por 969 km de estradas tronco e 385 km de estradas alimentadoras interligando todas as regiões do Estado. Nesse Plano se destacava a Estrada Central da Paraíba ligando Cabedelo a Cajazeiras, atual rodovia BR-230.

O DER/PB continua, ainda, como uma autarquia estadual vinculada a Secretaria da Infra-Estrutura, com a função de executar a política de transporte definida pelo Governo do Estado, bem como planejar, construir, manter e operar o Sistema Rodoviário Estadual; gerenciar o Sistema de Transporte Coletivo Intermunicipal de Passageiros e de projetar, construir e manter os aeródromos de pequeno porte situados no interior do Estado.

O desenvolvimento social e econômico da Paraíba se deu conjuntamente com a expansão da malha rodoviária estadual, atualmente constituída por 5.808 km de estradas e rodovias, dos quais 3.200 km são pavimentados e encontram-se em bom estado de conservação. E, mais 380 km estão em obras de pavimentação com a conclusão prevista para até junho de 2016. Com isso, todos os 223 municípios do estado estarão interligados por rodovias pavimentadas.

Ao longo desses últimos 70 anos o DER/PB transformou caminhos e veredas em modernas rodovias pavimentadas, que ampliaram fronteiras e integraram regiões. Participou ativamente do desenvolvimento e da melhoria da qualidade de vida dos paraibanos oferecendo conforto e segurança aos que viajam pelo interior do Estado.

Com essa missão, o DER/PB construiu as mais importantes vias de integração estadual, onde se destacam a rodovia BR-230 no trecho entre Campina Grande e Pombal; o Anel do Brejo, interligando as principais cidades da região como Alagoa Grande, Areia Remígio, Solânea e Bananeiras; a Redenção do Vale do Piancó, que se inicia em Patos e vai até Conceição passando por Piancó, Itaporanga e Ibiara; implantou a Via Litorânea Sul, importante vetor de desenvolvimento para o setor de turismo do Estado.

Mais recentemente pavimentou, com elevado padrão técnico-operacional, a Rodovia da Reintegração, um antigo segmento da BR-230 com 70,0 km de extensão desde Assunção, passando por Salgadinho, Areia de Baraúna, Passagem, Cacimba de Areia, Quixaba até voltar a BR-230 nas proximidades de Patos. Essas seis pequenas cidades do sertão paraibano que ficaram fadadas ao isolamento por mais de 50 anos agora têm uma real perspectiva de crescimento através da oportunidade de novos negócios e investimentos que irão gerar emprego e renda para a população local.

Dessa Forma, a infra-estrutura rodoviária estadual representa o mais importante patrimônio físico da Paraíba, cujo valor está avaliado em cerca de R$ 5,0 bilhão. Através dela foi assegurada a integração social, cultural, econômica e política do Estado. Por ela é escoada toda produção agrícola e industrial, bem como é responsável pela quase totalidade da movimentação dos paraibanos em busca de negócios ou de entretenimento e lazer.

Voltar para o topo
Plataforma Padrão CODATA de Portais
Desenvolvido com o CMS de código aberto Plone